sexta-feira, julho 31, 2009

Nem às paredes confesso



Eram tempos, eram vontades. Juntávamo-nos esporadicamente no Palpita-me das Janelas Verdes e desafinávamos até às tantas. Entre fados e calimeros.

Devo ter descoberto atrasado (a distância tem maneiras de viajar no tempo) e confesso-me quase tão impressionado como quando ouvi os Madredeus pela primeira vez no Tivoli de Lisboa, longínquo ano de 1987 (ou 86?). Mais que isso, soa-me a bossa ou, pela precisão, mais atrás, a Cartola. Li qualquer coisa parecida vinda do outro lado do Atlântico: "António é certeiro".

Eu diria que fado assim parece tão supremo quanto simples.

O broche do dr. Olim



__________________________________________________
design de Pedro Neves, a pedido de Maria João Pires

Agradecimento

Em nome de Luís Vintém, que se presume distraído na Indonésia, o doutor Paxorales agradece, com gosto, a referência feita.

Eu gosto de e-books e acho que devieis todos comprar já um a correr e a saltar

Há sempre a esperança que os p-books me fiquem mais baratinhos.

Absolvição de F. Felgueiras pelo Tribunal de Felgueiras

Por que será que não me surpreende?

Depois de Alien vs. Predator...

... Mega Shark vs Giant Octopus!!!
Com Lorenzo Lamas!!!!

video

quarta-feira, julho 29, 2009

Done

terça-feira, julho 28, 2009

Nem Simplex, nem Jamais

Ou, já agora, Senhores Palomares: a grande sensação do momento na blogosfera portuguesa é ter o António Figueira escrevendo mano-a-mana com a Filipa Martins.
O Corta-fitas está agora mais eclético que uma Playboy de Nabokov.

segunda-feira, julho 27, 2009

Playmate de Dezembro 2009



O strip-tease chegou ao fim e foi confiada a Hefner a primeira exibição da obra.

Das bananas à libanização

Na Madeira, o Hezbollah continua a sua campanha de intimidação.

domingo, julho 26, 2009

Closure



Porque é que quando alguém morre para nós, perdendo qualquer importância, desaparecendo da memória, ainda sentimos necessidade de lhe dizer "olha, para mim morreste, não tens mais qualquer importância, e até já me tinha esquecido que existias"?

Cavaco em visita à civilização

Tirando o frete a Barroso e uma noitada de "Theodora" à borla, ninguém percebe a utilidade desta visita.

Mais valia terem despachado uma caixa de Quinta do Noval com folheto explicativo, que porto aqui é mato, e o que há, ou é mau, ou julgam-no espanhol.

sexta-feira, julho 24, 2009

A data mais importante para a democracia portuguesa celebra-se hoje

Princípios fundamentais da Constituição de 1822:

Consagração dos direitos e deveres individuais de todos os cidadãos Portugueses, dando primazia aos direitos humanos, nomeadamente, a garantia da liberdade, da igualdade perante a lei, da segurança, e da propriedade;

Consagração da Nação, união de todos os Portugueses, como base da soberania nacional, a ser exercida pelos representantes da mesma legalmente eleitos - isto é, pelas Cortes, nas quais reside a soberania de facto e de jure, já que os seus elementos têm a legitimidade do voto dos cidadãos;

Definição do território da mesma Nação (Continente, Ilhas Adjacentes, Reino do Brasil e Colónias na África, Ásia e Oceania);

Não reconhecimento de qualquer prerrogativa ao clero e à nobreza;

Independência dos três poderes políticos separados (legislativo, executivo e judicial);

O poder legislativo compete às Cortes e tem supremacia sobre os demais poderes;

Emanação da autoridade régia a partir da Nação.



Excentricidades d'antanho:
-o Rei tinha apenas veto suspensivo sobre as Cortes, podendo suspender a promulgação das leis de que discordava, mas sendo obrigado a promulgá-las desde que as Cortes assim o voltassem a deliberar. Não lhe era concedido o poder de suspender ou dissolver as Cortes;

-o poder judicial pertencia, exclusivamente, aos juízes, que o exerciam nos Tribunais;

-podiam votar, para eleger os representantes da Nação (deputados), os varões maiores de 25 anos que soubessem ler e escrever.

quarta-feira, julho 22, 2009

Comentário do ano

Pi-Erre, à posta "Autocarro aéreo" no Blasfémias (noticia proposta da Ryanair de vender vôos em regime de galinheiro):

De pé, ó vítimas da fome?…

Gripe de porcaria

Olhando para a histeria nacional, sinto-me uma espécie de Will Smith no I am legend.

domingo, julho 19, 2009

Nada como em casa

Quargel sul-tirolês de ovelha; salada de polvo com pimentos e Bauchfleich




Schmalzbrot; Tafelspitz com Yorkshire pudding




Kaiserschmarrn com compota de ameixa-rôxa




Nozes



...

sexta-feira, julho 17, 2009

Esta é para andeiros e peseteros



Se uma economia falhada é aquela que produz 10% de desemprego, que dizer de espanha.
Vão nos 17% da população activa mas já Bruxelas avisava em Janeiro que 2010 ia ser ano para um quinto dos espanhóis ir parar ao olho da rua.

Deixo à discrição dos doutores de leis

O que a Constituição me parece proibir sim é o Alberto João Jardim.

Faz hoje 50 anos



Billie Holiday with Coleman Hawkins, Lester Young, Ben Webster, Gerry Mulligan, Vic Dickenson, Roy Eldridge (1957)

Smoke and mirrors

A ambição mínima dos líderes regionais é espatifar o Estado Português em cacos de federação.

Tendo em conta a dimensão da ameaça totalitária tanto nas ilhas como no continente, o disparate das proibições de João Jardim só lá está para encher o olho ao parolo.
Mais leninista que isto, não há.

quarta-feira, julho 15, 2009

Por falar em Maria

Por falar em religião

Na mitologia cristã, o mistério da virgindade de Maria tem uma função pouco misteriosa: serve de prova que a paternidade de Cristo não é deste mundo.

A exegese da pureza, da ausência de pecado, não passa de sexismo medieval. Exactamente da mesma cepa daquele que hoje em dia enfia burcas e cultiva a pedofilia.

Fátima Mata-Mouros

Um nome e um choque de civilizações ao mesmo tempo.

terça-feira, julho 14, 2009

Outras pandemias actuais

-varicela;

-rubéola;

-papeira;

-sarampo;

-gripes não-A;

-...

segunda-feira, julho 13, 2009

Pelo meio, houve Pimm's and totties

Um pouco depois da aurora


Muito depois do crepúsculo

domingo, julho 12, 2009

And now, for something completely different

Explosions and boobs.

(ou a enésima prova de como a grande utilidade da internet consiste em desmascarar a teoria da evolução)

Indie culture is sooo 90's

sexta-feira, julho 10, 2009

Da tasca ao púlpito

Isto (e mais uns sucedidos), näo tem lá grande piada.
Mas isto entäo (e apesar de nos fazer lembrar o saudoso Coronel Ewing) é de uma tristeza confrangedora.

quinta-feira, julho 09, 2009

Primeira proibição de garrafas de água de plástico do mundo

Os habitantes de Bundanoon, Austrália, tomaram consciência do absurdo quando se aperceberam que uma empresa de bebidas tencionava extrair água de um lençol subterrâneo local, levá-la para Sidney, engarrafá-la, e trazê-la de volta para venda nos supermercados.

A decisão foi tomada em reunião pública na câmara, com 350 votos a favor e dois contra, um dos quais o do representante da indústria de engarrafamento.

O outro foi do único habitante da terra que não bebe XXXX.

quarta-feira, julho 08, 2009

Idos de Março à hispano-americana*

No contexto de uma constituição leonina, estes aprendizes de feiticeiro, nem com a faca e o queijo na mão se deram ao trabalho de usar os trâmites legais e proceder a uma simples suspensão de mandato.

Não. Saloios, não resistiram à tentação de mandar entrar a tropa fandanga e ao absurdo de fazer sair o oficiante do país.
Agora vêem-se a braços com a rejeição internacional. E níveis estratoféricos de popularidade para um presidente que, até então,pouca estima inspirava no eleitorado hondurense.

___________________________________________________________________
*Quando o Brasil se quis ver livre de um presidente, "impeachou-o".

Momento zen (2)

"Do ponto de vista empresarial, é preocupante para um grupo como a Mota Engil e para um sector que dá emprego a centenas de milhares de pessoas tudo aquilo que tem a ver com paragens de projectos que estavam a ser desenvolvidos"


Jorge Coelho, presidente da Mota-Engil, uma das maiores construtoras do país, num almoço organizado pelo American Club.

(via Blasfémias)

terça-feira, julho 07, 2009

Foi há quatro anos que o multiculturalismo britânico morreu

Hi-hón

Estive a ver as imagens de Pinho na assembleia e reparei que aquilo não são chifres, são orelhas de burro.

Também é inaceitável mas, pelo menos, nem a mulher (?) de Bernardino nem o próprio estariam a ser difamados.

Momento zen

«pessoas que estejam em início da carreira, que são deputadas e que prenderiam continuar como deputadas, sabem que têm combates extremamente difíceis e que não estariam dispostas a assumir esses combates no caso de saberem que isso punha em causa a carreira que já tinham iniciado como deputados»


Leonor Coutinho, deputada socialista e candidata pelo PS 'a Camara de Cascais

Na pessoa e no gesto, confesso que me e' dificil encontrar melhores argumentos contra a redundancia de candidaturas 'as eleicoes.

(via 5dias)